Quais ações de empresas pequenas estão bombando na bolsa em 2021? | Renda Variável

As ações da Positivo Informática (POSI3) tiveram alta de 135% desde o início do ano, figurando como a maior alta até a última terça-feira, 18 de maio, do índice de Small Caps, que reúne companhias de menor porte e volume de negociação na bolsa. Assim como as “big techs” (Google, Amazon, Microsoft) lá fora, as empresas ligadas ao setor de tecnologia também vêm se destacando na bolsa de valores.

Novata na B3, a empresa de cashback (troco na compra) Méliuz (CASH3) esteve entre as que mais se valorizam em 2021, com mais de 127% de alta, de acordo com levantamento do buscado de investimentos Yubb. Os papéis da plataforma que conta com site e aplicativo chegou a ter valorização de 160% até a semana passada, mas sofreu queda nos últimos dias.

Cursos Relacionados

A Méliuz abriu capital em novembro do ano passado e já se apressou em realizar novas aquisições, como a fintech Acesso Bank, especializada em soluções de pagamento e os sites Melhor Plano e Promobit. De modo geral, as compras têm sido bem avaliadas pelo mercado e impactaram positivamente o desempenho das ações da companhia, segundo Bernardo Pascowitch, fundador do Yubb.

“A Méliuz é uma das empresas que popularizou novamente o cashback, iniciativa que possibilita ao consumidor resgatar em dinheiro parte do valor que gastou. E esse recurso ganhou ainda mais força com o aumento das compras on-line, impulsionado pela pandemia”, diz, em nota, Pascowitch.

No pódio, estão as ações da empresa do ramo de mineração Ferbasa (FESA4). Assim como outras empresas exportadoras do setor, ela acumulou ganhos consideráveis com o aumento do preço das commodities e alta do dólar. Por mais paradoxal que possa soar, enquanto as empresas de tecnologia decolam, as ações de companhias da “velha economia” também superaram em muito o Ibovespa este ano.

Nas “top 10” de empresas pequenas que estão bombando na bolsa em 2021 aparece a Hering (HGTX3), que acaba de ser comprada pelo Grupo Soma. Até o momento, a ação já acumulou alta de 72,6%.

Outra que continua em destaque é do ramo de armas, a Taurus. A empresa que foi a campeã de valorização do índice em 2020 ainda tem bons ganhos, mas caiu para a 15ª posição no acumulado de 2021 até maio, com alta de 52%.

“No ano passado, a Taurus anunciou um investimento de R$ 110 milhões em sua fábrica no Rio Grande do Sul para ampliar a capacidade de produção. Essa medida considerou ações do Governo Federal, que visaram a redução fiscal e a facilidade de acesso ao mercado armamentista. Entretanto, em abril deste ano, o STF suspendeu trechos do decreto de armas, o que impactou diretamente as ações”, aponta o fundador do Yubb.

Entre as empresas do Small Caps com os piores desempenhos estão o Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) com queda de 39%, a incorporadora recém-chegada na bolsa, Mitre (MTR3), que caiu 33,7% e a Light (LIGT3), de energia elétrica, com baixa de 29,5% no ano.

No caso do Pão de Açúcar, as ações sofreram desde o Assaí do grupo. Apesar de ainda acumular queda, os papéis já apresentaram recuperação, após caírem mais de 60% no primeiro trimestre. A melhora do desempenho se deve à possibilidade de venda de ativos do Casino no exterior.

— Foto: Getty Images



Comprar armas e munições



Suporte via whatsapp!