Polícias Civil e Militar deflagram operação contra grupo suspeito de envolvimentos com tráfico de drogas, roubos e homicídios no agreste de Sergipe | Sergipe

No início da manhã desta quinta-feira (3), as polícias Civil e Militar deflagraram a operação Corpus Christi para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra um grupo suspeito de envolvimento com tráfico de drogas, homicídios, roubos a banco e a estabelecimentos comerciais e comercialização clandestina de arma de fogo e munições que atuavam no agreste sergipano.

Até o momento, a informação é de que três pessoas morreram em confronto com a polícia e sete foram presas nas áreas urbana e rural dos municípios de Ribeirópolis e Moita Bonita. Foram apreendidos armas, tipo pistola e escopeta calibre 12, drogas e veículos.

De acordo com o delegado Gregório Bezerra, as investigações começaram no final de 2020 a partir de várias denúncias que apontavam a atuação de grupos armados na região. De posse dessa comprovação da atuação da associação criminosa, o delegado representou judicialmente por mandados de busca e apreensão e por mandados de prisão preventiva contra os envolvidos.

Ainda de acordo com o delegado, há dois grupos suspeitos em atuação, sendo um de grande porte, responsável por alugar armas para um grupo menor; praticar roubos a mão armada em concurso de pessoas em toda região agreste. O grupo com maior número de integrantes tem envolvimento em crimes graves, como homicídio, pistolagem, comércio ilegal de armas de fogo e tráficos de drogas.

O comandante do 3º Batalhão, tenente-coronel Sidney Barbosa, disse que a associação já atuava há vários anos na região e que há seis anos vários integrantes foram presos com grande quantidade de armas e drogas.

Cerca de 200 policiais participaram da operação: policiais civis de toda região agreste, Coordenadoria de Operações em Recursos Especiais (CORE), Coordenadoria da Polícia Civil do Interior (Copci), e pela Polícia Militar participaram as equipes do Comando de Operações Especiais (COE), Comandante da Companhia Independente de Operações Policiais em área de caatinga (CIOPAC), Grupo de Ações Táticas do Interior (GATI), Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPcães) e Grupamento Especial Tático de Motos (GETAM).



Comprar armas e munições



Suporte via whatsapp!