Policiais doam cesta básica a família que foi roubada após vender latinhas para comprar comida: ‘Nos comoveu’ | Itapetininga e Região

Policiais militares se uniram para ajudar uma família que foi assaltada após vender latinhas para comprar comida em Itapetininga, no interior de São Paulo. Segundo a PM, a equipe se sensibilizou com a história depois de atender a ocorrência e comprou alimentos e uma caixa de bombons aos moradores.

A doação foi feita nesta quarta-feira (7), quatro dias depois que Ricardo Lopes, de 34 anos, foi assaltado enquanto ia ao mercado com as filhas.

O morador contou ao G1 que, para arrecadar dinheiro e comprar comida, ele havia recolhido latinhas de metal e vendido em um ferro-velho que fica próximo ao bairro onde mora.

De acordo com Ricardo, depois de juntar R$ 15 com a venda, ele seguiu para um mercado com uma das filhas, que tem menos de um ano, no colo e a outra de 10 anos, momento em que foi abordado por um motociclista, que o ameaçou com uma arma e roubou o dinheiro.

“Fique sem reação, apenas senti medo, tristeza e injustiça. Como que uma pessoa tem coragem de tirar o dinheiro de um pai de família? O ladrão levou todo o meu dinheiro e eu não tinha mais nenhum centavo para ir ao mercado”, desabafou Ricardo.

Após o roubo, Ricardo contou que as filhas ficaram bastante assustadas e começaram a chorar. Na ocasião, os policiais militares Rubiane Quinol e Romulo Lopes se aproximaram para perguntar o que estava acontecendo.

Ao tomar conhecimento da história, a PM Rubiane contou ao G1 que se sensibilizou e decidiu doar R$ 15 para que a família pudesse comprar comida. Em seguida, Ricardo foi levado à delegacia para registrar um boletim de ocorrência.

Segundo a PM, no mesmo dia, o suspeito de assaltar a família foi preso após outras tentativas de roubo. Com ele, foram encontrados um simulacro de arma e R$ 15.

Polícia Militar prendeu homem suspeito de roubar família que recolhe matérias recicláveis em Itapetininga (SP) — Foto: Polícia Militar/ Arquivo Pessoal

Após o encerramento da ocorrência, ainda sensibilizados com a história da família, os policiais militares se uniram para arrecadar alimentos e fazer uma doação.

“A situação da família nos comoveu. Depois de quatros dias, finalmente conseguimos uma boa quantia e uma caixinha de bombons para as meninas” explicou Rubiane.

Na tarde de quarta-feira (7), Rubiane e outros policiais foram à casa da família para entregar a cesta básica e os chocolates. Ricardo não estava no momento, mas recebeu uma ligação da esposa, que contou a novidade.

“Quando minha esposa contou o que aconteceu, eu me emocionei. A cesta veio em boa hora. É difícil para um pai não poder comprar o básico ou alguma coisinha para os filhos. Nunca vou me esquecer desses policiais e eu não falo por causa da cesta, mas pela atitude. Eles colocam a vida deles em perigo para nos dar segurança e ainda fizeram pela minha família, sabe? Eu não tenho nem palavras para expressar minha gratidão”, agradeceu Ricardo.

Família ganhou cesta básica dos Policias Militares de Itapetininga (SP) — Foto: Ricardo Lopes/ Arquivo Pessoal

*Colaborou sob supervisão de Júlia Nunes.

Veja mais notícias no G1 Itapetininga e Região

VÍDEOS: assista às reportagens da TV TEM



Comprar armas e munições



Suporte via whatsapp!


Publicidade

Tabesa CDD Brasil