Polícia Militar é acionada para atendimento de Maria da Penha e se depara com arsenal de facção criminosa

No final da manhã desta quarta-feira (05), a polícia militar foi acionada para o atendimento de ocorrência de Maria da Penha, no Bairro Murta em Itajaí. Ao chegar ao local, os policiais se deparam com a mulher que teria sido vítima da violência doméstica, e ao conversar com ela, a mesma relatou que estava tudo bem, que iria se mudar para a casa de sua mãe.

Então a guarnição foi conversar com o autor, para ouvir sua versão sobre os fatos, e o excesso de nervosismo fez com que os policiais desconfiassem de que o homem estava escondendo alguma coisa, sendo questionado ao mesmo se os policiais poderiam adentrar a residência para realizar uma averiguação, o que foi autorizado, pois de acordo com ele, nada de ilícito seria encontrado no local.

Para a surpresa dos policiais, ao abrir a porta dos guarda-roupas dentro de uma havia um Rifle Ruger cal.223, uma pistola glock G17 com um kit RONIE e um pote de munições variadas.

Diante disto, foi dada voz prisão ao homem que relatou que teriam outras armas em residência, assim foi localizado mais uma pistola Smith & Wesson na gaveta do guarda roupa e em cima do guarda roupa uma calibre 12 e um fuzil Ak47.

O homem relatou fazer parte de uma facção criminosa, informando que as armas pertencem ao grupo e seriam utilizadas em grandes assaltos. Diante os fatos, foi lavrado o Boletim de Ocorrência e o homem foi conduzido para a delegacia para procedimentos cabíveis junto com todo material apreendido. 

Confira o que foi apreendido pela polícia: 

01-AK47 com 03 carregadores

01- pistola Smith & Wesson com 02 carregadores.

01- Glock G17 9mm. Com 04 carregadores sendo 03 alongados.

01- Rifle Ruger Cal.223

01 – Calibre 12.

01- Kit RONIE.

54 – munições 223.

33- munição 9mm.

91- munição 380.



Comprar armas e munições



Suporte via whatsapp!