MPT abre investigação contra Mario Frias após denúncia de que secretário anda armado e intimida servidores

De acordo com o site da Polícia Federal, o secretário de Cultura do governo Bolsonaro, Mario Frias, tem uma pistola Taurus de calibre .9mm registrada em seu nome. Sendo civil, ele precisa ter um documento de porte


Assine a Newsletter 247

247 – O Ministério Público do Trabalho em Brasília abriu uma investigação contra o secretário de Cultura do governo Bolsonaro, Mario Frias, por causa das denúncias de que o ator andaria em seu gabinete com uma arma na cintura e intimidaria seus servidores.

De acordo com o site da Polícia Federal, Frias tem uma pistola Taurus de calibre .9mm registrada em seu nome. Sendo civil, ele precisa ter um documento de porte, que autoriza o cidadão a circular com uma arma de fogo “de forma discreta”.

O PSOL, por meio deputado federal Ivan Valente (SP), protocolou na Comissão de Ética Pública da Câmara uma representação contra o secretário. (Leia a íntegra na Revista Forum).

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio



Comprar armas e munições



Suporte via whatsapp!