Grupo de meninas foge de unidade do CAC – Gazeta Guaçuana

Na última terça-feira (6), seis meninas com idades entre 11 e 17 anos fugiram da unidade do Centro de Atendimento à Criança e ao Adolescente (CAC), localizada no Jardim Cambuí. De acordo com Boletim de Ocorrência registrado na Polícia Civil por desaparecimento, por volta das 14h30, duas adolescentes de 15 e 17 anos saíram da unidade, sendo que ambas já têm histórico de evasão.

Já no início da noite, por volta das 18h30, outras quatro meninas, de 15, 16, 11 e 12 anos, também fugiram da casa abrigo, sendo que, desta vez, para saírem do local, as meninas quebraram um cadeado e danificaram a cerca elétrica. As cuidadoras estavam no local, mas não conseguiram impedir a fuga das meninas, que são mantidas no CAC após decisão judicial por viverem em vulnerabilidade social.

Funcionárias da entidade procuram pelas menores de idade e tanto a Guarda Civil Municipal quanto a Polícia Militar e o Conselho Tutelar foram acionados. Por volta das 20h30 da terça-feira, duas meninas de 11 e 12 anos retornaram para a unidade, mas conforme informou a diretora do CAC, Fabiana Gomes Ferminiano, ambas não falaram onde as outras poderiam estar, sendo que, na quinta-feira (8), novas buscas foram feitas, inclusive em Estiva Gerbi. Porém, o paradeiro das adolescentes ainda era desconhecido até a noite de quinta-feira.

Informações sobre o paradeiro das menores podem ser repassadas à polícia. 153 da GCM e 190 da PM.



Comprar armas e munições



Suporte via whatsapp!


Publicidade

Tabesa CDD Brasil