E SE UM “LÁZARO” SURGIR NA SUA CASA – InfoArmas

Considerações Iniciais

Nos últimos dias, o noticiário brasileiro foi inundado de matérias e informações sobre um assassino perigoso chamado Lázaro, que felizmente foi neutralizado pela Polícia que fez um excelente trabalho desde os primeiros dias de busca.

No entanto, foi visto que o marginal invadia propriedades e ainda fazia vítimas fatais sem qualquer motivo aparente. Em uma dessas tentativas de invasão não obteve êxito, pois o caseiro estava armado e disparou contra o marginal, fazendo com que ele se evadisse do local.

Ao se noticiar o fato anteriormente elencado, pode ser visto, na internet e em vários grupos, diversas publicações com o teor de que quando uma “pessoa possui uma arma o seu propenso predador morre com fome”. Mas infelizmente isso não é uma verdade absoluta e estará longe de ser.

O instrumento de defesa

Não há dúvidas que o uso da arma de fogo por pessoas habilitadas para fazê-lo é um eficaz vetor de equalização de forças. Também não há dúvidas que somente usando armas de fogo é que uma pessoa poderá obter significativas vantagens sobre outra que queira destruir a sua vida de qualquer maneira.

A arma de fogo é sim um equipamento que poderá salvar a vida do seu usuário, como também pode ser o potencializador para um desastre. Infelizmente não será o ato de ter ou portar uma arma que fará solucionar graves problemas relacionados à segurança pessoal e pública.

Nesse espectro, vamos fazer as seguintes perguntas para você que está lendo esse artigo nesse exato momento:

  • Onde está a sua arma agora? Está ao alcance de suas mãos?
  • Onde estão os seus carregadores sobressalentes?
  • Se você estiver sozinho, a porta do ambiente em que você está foi trancada?
  • Se você estiver com a família, ela está orientada de como agir para se proteger?

Pois bem, se você não disse sim para pelo menos 03(três) dos itens acima, provavelmente um “Lázaro” obteria sucesso em sua residência e você, nesse momento, provavelmente também estará pensando: “será que esse autor faz isso mesmo que ele está escrevendo?”.

Portar uma arma é algo muito pessoal. Eu posso garantir que é quase um estilo de vida. Posso também afirmar que quando o uso da arma de fogo o salvar de um grande problema e permitir que continue vivendo, você se aproximará muito mais desse estilo de vida.

Claro que portar uma arma as vezes é desconfortável, estressante e até embaraçoso a depender do ambiente que você estiver, tipo em uma reunião de família, em um vestuário cheio de crianças etc.

Assim sendo, cabe aqui pontuar alguns tópicos fundamentais para que você possa se proteger na sua residência:

  • Não economize no equipamento, compre a melhor arma que a sua condição financeira e a sua adaptabilidade ao equipamento permitir;
  • O seu coldre tem que ser o melhor para você;
  • Tenha pelo menos (01) um carregador sobressalente;
  • As munições deverão ser novas; e
  • A arma deverá estar com você ou no mínimo ao alcance de suas mãos.

Pelos fatos elencados, torna-se bastante claro que um conjunto de fatores são os responsáveis por permitir que uma defesa residencial se desenvolva com sucesso.

Voltando ao caso Lázaro, provavelmente aquele cidadão, que conseguiu disparar nele e impedir o seu intento assassino, só tenha obtido êxito porque estava atento e sabia que naquela região existia um perigo iminente de ataque do assassino Lázaro.

Conclusão

O nível de atenção e de expectativa é um dos fatores mais importantes para o êxito em uma autoproteção. Entretanto como seria possível se manter alerta justamente na residência, que é um local de descanso, paz e convivência familiar?

A resposta para a pergunta anterior está na MOTIVAÇÃO. Você nunca saberá quando será atacado ou se um dia será, portanto, a motivação para manter em segurança o bem mais importante de sua vida, sua família, deverá ser o combustível para a manutenção dos níveis de atenção.

Na prática, a medidas necessárias para a proteção do lar podem ser viabilizadas com as orientações citadas neste artigo, corroboradas com a instalação de bons acessórios de segurança residenciais, como câmaras de vídeo, alarmes, fechaduras inteligentes etc. Entretanto é preciso ter em mente que tudo isso deverá ser apenas elementos que facilitem que a sua família seja posta momentaneamente em segurança.

Por fim, como um bandido sanguinário não se contentará enquanto não adentrar na sua casa, o mais importante é que você tenha a  sua arma a seu alcance e saiba usá-la com maestria, pois se o marginal vencer as primeiras barreiras que seja você o primeiro a gritar para ele “PERDEU”, ou então que seja você a pessoa capaz de sentir em segurança o espetáculo do recuo da sua arma, resultado dos múltiplos disparos desferidos naquela criatura do mal.



Comprar armas e munições



Suporte via whatsapp!


Publicidade

Tabesa CDD Brasil