Casa Pantanal, excelência em produtos bélicos

Contra crise hídrica, governo manda reduzir vazão de usinas | Brasil

Pleno.News – 12/06/2021 18h42 | atualizado em 12/06/2021 19h10

Fluxo de água de duas hidrelétricas terão diminuição imediata Foto: Itaipu Internacional

Em mais uma medida para tentar conter os impactos da crise hídrica e evitar um racionamento de energia, o governo decidiu reduzir a vazão de duas hidrelétricas na Bacia do Paraná.

Portaria publicada pelo Ministério de Minas e Energia (MME) determina a diminuição imediata do fluxo de água das usinas de Jupiá, entre as cidades de Andradina e Castilho (SP) e Três Lagoas (MS), e Porto Primavera, entre Rosana (SP) e de Batayporã (MS).

A decisão foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) na noite de sexta-feira (11). A portaria determina que a defluência mínima de Jupiá, da concessionária China Three Gorges Corporation Brasil (CTG Brasil), deverá ser reduzida gradualmente de forma a atingir 2.300 metros cúbicos por segundo (m³/s) em 1º de julho; e a de Porto Primavera, da Cesp, a 2.700 m³/s a partir da mesma data.

Há duas semanas, o governo emitiu alerta de emergência hídrica para os cinco estados banhados pelos rios: Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná.

*Estadão

Leia também1 Usinas inoperantes custariam R$ 8,7 bilhões ao consumidor
2 Contra apagão, Bolsonaro edita decreto para energia reserva
3 Barco com 4 jovens fica preso e quase tomba em represa
4 Biden quer apertar controle de compra de armas nos EUA
5 Prestes a jogar com o Brasil, Venezuela tem 12 casos de Covid

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.



Comprar armas e munições



Suporte via whatsapp!


Publicidade

Tabesa CDD Brasil
Navegue aqui

Carrinho

Fechar
Vistos

ÚLTIMOS VISTOS

Fechar

Atendimento
Olá, posso ajudar?