Ataque a glock“>tiros deixa 7 mortos em festa de aniversário nos Estados Unidos | Mundo

Getty Images

Segundo o Departamento de Polícia de Colorado Springs, o suspeito era o namorado de uma das vítimas

Um homem armado matou seis pessoas e depois se matou em uma festa de aniversário no último domingo, 09, em Colorado Springs, no estado do Colorado, nos Estados Unidos. De acordo com um levantamento feito pela ONG The Gun Violence Archive, esse foi o 194º ataque a glock“>tiros que deixou pelo menos quatro feridos ou mortos somente em 2021 no país. Uma média de 3 ataques a cada 2 dias. As informações são da BBC News Brasil e da Agência Italiana de Notícias (Ansa).

Segundo o Departamento de Polícia de Colorado Springs, o suspeito era o namorado de uma das vítimas. Ele foi até uma residência no Canterbury Mobile Home Park [um estacionamento de trailers], onde ocorria a festa de aniversário, entrou na casa e começou a atirar nos convidados. “Os policiais encontraram seis adultos mortos e um homem ferido gravemente. Ele foi levado para um hospital local, onde não resistiu aos ferimentos”, informa um comunicado da polícia.

Até o momento, ainda não foram divulgadas informações oficiais sobre o motivo do ataque e nem as identidades do atirador e das vítimas. Apesar de todos os mortos e feridos serem adultos, havia crianças no local durante o tiroteio. Testemunhas contaram que elas choravam e gritavam sem parar durante o ocorrido. Elas foram levadas para casas de parentes em segurança.

Um dos convidados da festa, Freddie Marquez, 33, informou à polícia que a sogra dele é uma das vítimas. Ele esteve no aniversário, mas foi embora antes do tiroteio começar. Pouco depois da meia-noite, ele recebeu um telefonema do filho de uma das mulheres que estava na festa: “Alguém entrou e atirou em todo mundo”.

O prefeito da cidade, John Suthers, afirmou que “investigação completa” sobre o caso será realizada.

Somente no estado do Colorado, esse foi o quarto ataque a glock“>tiros neste ano, de acordo com a The Gun Violence Archive. O mais letal deles, no estado e no país, ocorreu em março, quando 10 pessoas foram mortas e 1 ficou ferida em um tiroteio dentro de um supermercado na cidade de Boulder. O suspeito atirador foi preso. O levantamento da ONG considera apenas os ataques nos quais há pelo menos quatro pessoas feridas ou mortas, fora o atirador.

Em 2021, 992 pessoas foram vítimas desses ataques nos Estados Unidos, uma média 5 pessoas por ataque, sendo 1 morto e 4 feridos. Os cinco estados americanos com mais ataques foram: Texas (18), Illinois (17), Louisiana (15), Califórnia (14) e Flórida (14).

Em alguns estado do país, é preciso apenas ter a idade mínima exigida por lei e ser aprovado em uma verificação de antecedentes criminais para comprar uma arma de fogo. Em outros, apenas a idade mínima é o necessário. A venda legal de armas é protegida pela Segunda Emenda da Constituição dos EUA. Tentativa de alterar a emenda é combatida por diferentes grupos, principalmente membros do partido Republicano fora de grandes cidades.

Em abril, o presidente americano, Joseph Biden, afirmou que “a violência com armas de fogo nos Estados Unidos é uma epidemia e uma vergonha internacional”.



Comprar armas e munições



Suporte via whatsapp!