Ações da Taurus Armas disparam e sobem 6,7% em 4 horas

As ações da fabricante de armas Taurus (TASA4) dispararam 6,7% em quatro horas, chegando a custar R$ 26,95 às 14h desta segunda-feira (5/7). 

A movimentação nos papéis vem depois da divulgação de uma análise segundo a qual a empresa vem apresentando mais vendas e maior rentabilidade. O documento foi elaborado pela LRCA Defense Consulting, entidade que se apreenta como sem fins lucrativos “dedicada a divulgar notícias e análises sobre as Empresas Estratégicas de Defesa”. 

Na análise, a LRCA informou que companhia produziu 1,56 milhão de armas em 2020 e 492 mil armas no primeiro trimestre deste ano (1T21). Em maio de 2021, a empresa já estava produzindo mais de 9.500 armas por dia, sendo que o Brasil é o segundo maior comprador da empresa — o primeiro lugar fica com os Estados Unidos.

O documento aponta também que a receita com a venda de armas no mercado nacional cresceu em 98,7% em relação ao início de 2020, totalizando R$ 108,5 milhões nos primeiros três meses de 2021. “No Brasil, as vendas de armas Taurus no 1T21 superaram em 36,5% as realizadas no 1T20, totalizando 71 mil unidades”, apontou a análise da LRCA. 

Segundo a análise, a empresa saiu de uma posição alavancada em 2018, para o grau de alavancagem financeira medido pelo indicador dívida líquida/Ebitda de 1,1 no final do primeiro trimestre de 2021. 

A LRCA apontou que, atualmente, a Taurus deve abrir duas lojas: uma em São Paulo e a outra em Brasília, onde os clientes poderam testar o modelos da empresa. Nas lojas também serão disponibilizados os serviços necessários para comprar armas de fogo ou acessórios, contando com serviço de despachante — o que seria uma espécie de Poupatempo para quem quer comprar uma arma.

*Imagem em destaque: Piqsels.com



Comprar armas e munições



Suporte via whatsapp!


Publicidade

Tabesa CDD Brasil